Aporte em Ações FLRY3

Olá!

Fiz um aporte de R$ 500,00 hoje para compra de ações, de forma a balancear os percentuais de acordo com meu planejamento de alocação.

Olhando na planilha de balanceamento, na parte de ações, vi que tinha que aportar na B3 ou na Fleury, mas vi que a B3 subiu praticamente 100% nos últimos dias e o Preço sobre Lucro dela subiu bastante, por isso acabei comprando as ações da Fleury mesmo, B3 ficou pro próximo aporte em ações, vamos torcer para que o preço dela caia um pouco até lá, mas a gente sabe que o mercado não está no seu melhor racional nos últimos dias.


Também poderia ter comprado ações da Ambev ou da Energias do Brasil que estão um pouco abaixo do ideal, mas ficam pra próxima também, resolvi simplificar minha vida e comprar apenas 1 ação por vez ao invés de ter o balanceamento 100% equilibrado, isso facilita na hora da declaração de imposto e nos controles.

Eu tinha um saldo na conta da Clear de setenta e poucos reais, juntando com o aporte deu pra comprar 22 ações FLRY3F, fracionário, pelo preço de R$ 25,97, total R$ 571,34.


Com essa compra, FLRY3 passou a ser minha maior posição nas ações, representando cerca de 8% da carteira total, e 17,5% da parte das ações, por um bom tempo não teremos novos aportes nela.

Situação após esse aporte/compra da Fleury
Um ponto em vermelho que se destaca na minha carteira é o Preço sobre Lucro da Weg, ela segue sendo a minha ação com melhor retorno, mas está com P/L nas alturas, isso está começando a me incomodar um pouco e talvez eu venda algumas ações dela se isso piorar. Na situação contrária temos a Grazziotin, com P/L de 4, talvez eu ignore minha planilha de balanceamento e faça um aporte nela na próxima.

Até o futuro!

Rentabilidade de Junho +4,52%

Olá!

Esse mês parece que passou voando, acabei não fazendo nenhum post aqui no blog, mas hoje tirei um tempo pra atualizar a planilha de rendimentos e as metas, com os valores atualizados das corretoras.


O resultado consolidado foi este acima, ficou positivo em 4,52%, as ações subiram 11,84% neste período, os FIIs subiram bem, mas não tanto, e os títulos do tesouro ficaram praticamente estáveis, tesouro SELIC agora não rende quase nada, mas ainda estou com minha maior posição nele. Ainda estamos negativos no acumulado deste ano (-1,73%), e um pouco positivo no Histórico desde o começo.

Acabei que não fiz nenhuma operação, nem aporte neste mês de Junho, depois do aporte "gigante" do mês anterior, resolvi gastar o dinheiro em outras coisas, troquei de celular que o meu já estava ficando chato por falta de espaço (16GB), o lado ruim foi o timing pra essa troca, com essa alta do dólar, o preço dos celulares subiram muito, pra ter noção, este mesmo modelo que comprei agora por R$ 1.400,00, 6 meses atrás esteve por R$ 900,00. Isso é mais um sinal de que preciso dolarizar parte da minha carteira.

No restante, as despesas pessoais diminuíram, estamos ficando bastante em casa, só no básico, isso tem contribuído pra sobrar mais dinheiro também, provavelmente vou aumentar o valor dos próximos aportes este ano.

Posição consolidada no CEI ficou estável


Sobre o PIB do Brasil

A estimativa do PIB negativo neste ano tem tudo pra se confirmar, e dependendo do tamanho do tombo, teremos pela primeira vez na história do Brasil (desde que começaram contar) uma década com PIB negativo, ou seja, a pior década perdida.


Até o futuro!

Postagens em alta

Fechamento 062 - Maio de 2024

Olá! Este mês o resultado foi próximo de nulo, 0,82% na minha planilha, e adicionei um novo ativo em carteira, o Bradesco, conforme comentad...