Declaração do Imposto de Renda 2023

Olá nobres cidadãos!

E foi dada a largada para declarar seus bens, dividendos, juros e dívidas pro nosso maior sócio, pátria amada Brasil.  

Antes dos comentários, quem deve declarar? 

Deve declarar o Imposto de Renda em 2023 o cidadão residente no Brasil que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ R$ 28.559,70 no ano, ou cerca de R$ 2.380 por mês, incluindo salários, aposentadorias, pensões e aluguéis; que recebeu rendimento isento, não tributável ou tributado exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil; e que obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do Imposto.

Deve ainda declarar o IRPF em 2023 quem tinha, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

Em relação àqueles que efetuaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas, ficam obrigados apenas quem, no ano-calendário, realizou somatório de vendas, inclusive isentas, superior a R$ 40 mil; e operações sujeitas à incidência do imposto.

No que diz respeito à atividade rural, também deve declarar o cidadão que obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50; que pretenda compensar, no ano-calendário de 2022 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2022.
Fonte: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/noticias/2023/fevereiro/receita-federal-define-novas-regras-para-o-imposto-de-renda-2023

A novidade foi que, em anos anteriores, se você tivesse comprado 1 real de ações, era obrigado a declarar, agora só se a soma das vendas for superior a R$ 40 mil e tiver operações sujeitas à imposto, assim muita gente foi liberada dessa atividade. Parabéns RFB! 👍

Declaração pré-preenchida - Finalmente!

Ontem dia 15 foi o primeiro dia (deste ano) pra usar a declaração pré-preenchida, ano passado eu tinha feito alguns testes com isso usando o certificado digital e quanto mais perto do final do prazo mais informações vinham pré-preenchidas. Este ano deram uma melhorada e me parece que tendo conta gov.br já consegue fazer a declaração preenchida mesmo sem certificado, também dá pra fazer online, sem precisar baixar o programa, mas um colega meu tentou ontem e o sistema estava fora do ar.

As ações/FIIs que me enviaram relatórios de informe de rendimentos praticamente todas o programa da receita já tinha na pré-preenchida, só que justo as que não me enviaram também não enviaram para a receita, aí como fazer? Talvez mais pro final do prazo esses sujeitos se mexam e enviem os dados pra RFB, assim talvez seja melhor aguardar, igual ano passado, e fazer a declaração nos últimos dias.

Se não quiser aguardar, o jeito normal seria conferir seus extratos e somar manualmente, cuidando pra separar o que é dividendo, o que é juros sobre capital, o que é rendimento de FII etc, e ainda procurar na internet o CNPJ fonte pagadora/empresa, CNPJ do FII etc.

Dica de Site Grátis

A dica que eu quero dar pra vocês é o site meusdividendos.com, neste site tem um extrato, que se você lançou todas suas compras/vendas certinhas, vai ter todas essas informações organizadas e só ir copiando e colando pra sua declaração. Eu uso a versão antiga que é gratuita.

 


Detalhe que marquei em vermelho, o site diz pra não usar esse extrato na declaração, isso porque cada um é responsável pelas informações e caso tenha algum bug no site eles não se responsabilizam, então no final o ideal é usar pra conferência mesmo, mas já vai evitar de esquecer alguma coisa e agiliza muito ter os CNPJs ali do lado.

Eu gostaria que as corretoras nos desses a informação mastigada assim, alias, a Avenue dá, o relatório deles foi muito fácil de lançar porque já vem tudo organizado de acordo com o programa da receita.

 

Avenue

Avenue (continuação)

Parabéns Avenue! 👍 Continue assim!

Informações Erradas 👺

Em um dos relatórios da XP tinha coisa errada, alguns FIIs faltaram o rendimento de alguns meses, ficando com valores menores. Eu percebi o problema quando comparei com dados do site meus dividendos, antes mesmo de conferir extratos.

XP...

O pior relatório de todos foi o do Mercado Bitcoin. Tudo errado. Minha posição em 31/21/22 é de 0,00266892 BTC, não bate com o relatório, nem os valores, as outras moedas eu vendi tudo ano passado, mas no relatório ainda aparece como se eu tivesse 1 ou 2 centavos de XRP, LTC, ETH... e a quantidade de BTC não fecha. E me parece que as empresas de criptomoedas brasileiras vão enviar as posições dos clientes pra RFB. Medo! 😱

Ainda bem que tenho minha planilha.
Pensando aqui se não era de encerrar essa conta e comprar um pouco de HASH11 logo.

Este ano eu consegui terminar a minha declaração em poucas horas, a declaração pré-preenchida ajudou, e também porque eu já tinha as informações das empresas e dos fundos do ano passado, não precisei ficar dias pesquisando. Também vai ser o primeiro ano que vou conseguir restituir quase tudo que paguei, tive muitas despesas hospitalares/clínicas com fertilização in vitro, consultas obstetra, pediatra, ecografias, parto etc. Estou feliz com isso.

Até o futuro!

10 comentários:

  1. Sinceramente prefiro botar os BTC em uma carteira particular e comprar de corretoras estrangeiras. Na verdade nem tenho no momento, mas se tivesse meu cachorro poderia comer minha paper wallet sem querer e não ter que declarar né.
    De todo modo, encerrei minha posição na Binance a algum tempo rs.
    Mais uma vez, ótimo post e explicou bem as novas regras da Receita.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, o pessoal comenta que a ideia das cripto seria justamente fugir do controle do governo, e que comprando/mantendo em corretora, mesmo a Binance, você não fica livre do governo acabar recebendo essa informação e te taxando futuramente, então o ideal seria comprar a wallet e guardar em casa, o risco nesse caso seria seu cachorro comer, ou sua casa pegar fogo etc. Já mantendo na corretora, o risco seria um ataque hacker, no final o menos arriscado me parece ser um HASH11 da vida, mas aí fica muito fácil pro governo taxar. Enfim, eu não gosto de pagar imposto, mas considerando os prós e contras, prefiro a comodidade. Abraços

      Excluir
  2. Boa tarde Bilionário! Espero que a pré-preenchida desse ano esteja melhor que a do ano anterior...deu muito trabalho arrumar tudo ano passado...Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Excelente post, Bilionário!

    Eu sempre baixo a declaração pré-preenchida depois de fazer a declaração, tomando o cuidado de solicitá-la num PC diferente, para não perder os dados alimentados manualmente.

    Acho esta a melhor forma de realizar a revisão de quase todos os dados - menos bens e rendimentos de ações. Por dois motivos:

    - Bens a declaração só atualiza os valores de conta corrente e poupança que você já havia declarado no ano anterior. O resto aparece igual ao declarado no ano anterior e com o valor do ano corrente zerado.

    - Rendimentos de ações a Receita informa como recebidos os rendimentos provisionados para o exercício seguinte - que na verdade só deveriam constar na seção de bens e direitos.

    Aí vira uma lambança só... aparece que você recebeu 1100 de JCP da empresa A, quando na verdade era só 1000 e 100 é JCP com data -ex em dezembro e pagamento só em abril do ano seguinte. Caso seja dividendo, mesma coisa. Uma salada.

    Por essas e outras, eu criei uma planilha bastante simples no excel, onde alimento manualmente os valores recebidos de cada ativo, bem como o tipo do provento. Também anoto as compras e bonificações ocorridas na planilha de registro de investimentos do AdP e, na hora de preencher a declaração, só arrasto o mouse para saber quantas ações comprei e o valor gasto no ano e desde o começo. Não preciso nem de calculadora.

    Assim, no dia 1º de janeiro, já tenho todos os dados de que necessito, sem atropelo ou dependência de corretora ou banco custodiante.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá LdL!

      Obrigado pelas dicas, também estou pensando em começar a controlar manualmente em uma planilha os dividendos e juros, os sites ajudam muito mas não confio 100% neles, nem nos relatórios da corretora dá pra confiar 100% hehe.

      Abraço!

      Excluir
  4. Excelente, acredito que com o tempo a declaração preenchida já vai vim tudo certinho, até lá, temos que ficar conferindo coisa por coisa. Sobre as criptos, pq não simplificar e comprar apenas BTC? rsrs. Te recomendo a Bipa, eles dão os dados para declaração de IR, o ideal é comprar por uma corretora só, para não ter muito trabalho na hora de declarar. Um dos pontos negativos de poupar/investir é fazer a bendita declaração kkk, mas com o tempo a gente vai se acostumando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sr Mendigo, espero que sim, este ano já foi mais fácil pra mim. Eu só tenho BTC no momento, mas a informação do app dizia que tinha várias outras, tudo errado. Eu estou pendendo mais pra comprar ETF de cripto futuramente, esses apps volta e meia descobrem alguma falha ou alguém invade e rouba tudo. Abraço

      Excluir
    2. Entendo seu ponto, mas já pensou em fazer uma carteira fria (offline)? pode gastar pouco e ter uma ótima segurança. Geralmente deixar em corretoras não é seguro, e em ETF você perde em liberdade e rendimento.

      Excluir
    3. Já pensei, mas pro valor que eu invisto acho que não compensa, talvez no futuro se tiver um valor maior :)

      Excluir

Fique a vontade para contribuir com suas ideias ou dúvidas. Obrigado!

Postagens em alta

Fechamento 062 - Maio de 2024

Olá! Este mês o resultado foi próximo de nulo, 0,82% na minha planilha, e adicionei um novo ativo em carteira, o Bradesco, conforme comentad...