13 de abril de 2020

Estudo da M Dias Branco - MDIA3

Olá!

Seguindo nossos estudos, hoje vamos estudar M. Dias Branco, líder nacional de biscoitos e massas, confira abaixo as marcas da empresa, conhece alguma?



Eu conheço só a isabela que é aqui do Sul, quando eu for viajar vou tentar prestar atenção nas prateleiras dos mercados pra ver se encontro outras.

História da Empresa

Empresa familiar, criada por Manuel Dias Branco e seus irmãos em 1936 em Fortaleza/CE.

Em 2003 A M. Dias Branco adquire a empresa Adria Alimentos do Brasil Ltda., composta pelas indústrias: Adria (São Caetano do Sul/SP), Isabela (Bento Gonçalves/RS), Basilar (Jaboticabal/SP) e Zabet (Lençois Paulistas/SP). Essa aquisição permitiu que a empresa assumisse a liderança nacional, em volume, do mercado de biscoitos e massas.

Em 2006 a empresa abriu capital na bolsa de São Paulo e ingressou no segmento Novo Mercado.


Ao longo da sua história tem feito diversas aquisições e expandido suas fábricas, sendo essa, no meu ponto de vista, sua principal estratégia para crescimento.

Eu destacaria Novas Aquisições e Verticalização
Analisando o histórico da empresa, até o momento ela tem mantido o foco no setor, conseguindo assim manter a sinergia entre as fábricas e expandir sem perder o foco! A rentabilidade acabou caindo recentemente, o que é um possível efeito negativo de uma aquisição ruim que não gere sinergia, mas acho que não foi esse o caso aqui.

Principais Acionistas - Participação do Conselho de Administração

Nessa hora eu senti uma tristeza, no site de RI da empresa só tem os percentuais e uma imagem super pequena, por fim tirei print da página da empresa no site da bolsa mesmo.


Bom, como visto acima, a empresa tem um Free float bom, em torno de 36%, o que ajuda na liquidez da empresa, e como é do Novo Mercado o tag along é 100%. O que eu queria saber mesmo é se os administradores tem comprado ações dela recentemente, e quem será que são os 6 cotistas desse fundo Dibra, pela rentabilidade acho que esse fundo só investe na MDIA3, gráfico bem parecido.

Um fato positivo para o acionista de longo prazo, é que este ano a empresa iniciou um programa de recompra de ações, com objetivo de comprar 10% das ações em circulação em 18 meses, considerando que a empresa tem 36% em circulação, vai ficar com apenas 26%, próximo do mínimo exigido para ser listado no Novo Mercado (25%). Acho que isso mostra que no momento a empresa não tem mercado pra expandir ou não encontrou nenhuma concorrente a venda, e pra não investir em algo fora do setor, a "piorização" do Peter Lynch, resolveu investir nela mesma e aumentar o retorno dos sócios.

Histórico de Rentabilidade

No Fact Sheet disponibilizado no site temos os dados até 2018, acho que não atualizaram porque a empresa deu uma piorada em 2018 e 2019, com essa crise do COVID, muitas pessoas devem ter comprado mais biscoitos, lembro que vi uma notícia que biscoitos e cereais tiveram uma grande alta nas vendas recentemente, então isso deve beneficiar a empresa em um primeiro momento.

Fact Sheet
Peguei um gráfico de lucros do site fundamentus pra mostrar como tivemos uma queda recentemente.
Lucros caíram para valores semelhantes a 2014/15
Pra exemplificar mais uma vez como o preço costuma seguir o lucro, coincidentemente o preço da ação hoje está próximo do preço que estava em 2014/15, mesmos níveis de lucros também, só que naquela época o Patrimônio era bem menor, então temos uma queda forte no ROE.


Capturei um gráfico da plataforma pense rico, do Vicente Guimarães, que tem gráficos ótimos de indicadores fundamentalistas e nos ajudam nos estudos.


Como a empresa segue tendo lucros, o patrimônio líquido segue crescendo, o que é ótimo, mas como o lucro líquido tem diminuído, o ROE cai junto. Também podem ver no gráfico da direita EBIT caindo nos últimos trimestres, a receita subindo pouco, não cheguei a calcular mas talvez subiu menos que a inflação, o que é ruim para uma empresa "de crescimento".

Baixo Endividamento

A empresa possui poucas dívidas, inclusive o Índice de Liquidez está muito bom atualmente, acima de 2, o que indica que a empresa tem 2x mais ativos do que dívida. A relação dívida bruta sobre patrimônio líquido também está boa, em 0,16.

Do site Fundamentus em 13-04-2020
A margem bruta até que está boa, o ruim é essa margem líquida e o baixo ROE mesmo. Por ser uma empresa que eu classificaria como de Crescimento, ela tem um P/L aceitável atualmente, geralmente aceita-se pagar mais caro por empresas que estão crescendo mais rápido, apesar de que não é isso que tem acontecido nos últimos trimestres :(

Comparativo do Setor

Dentro do setor de Alimentos Diversos, a M Dias se destaca por ser a que tem maior liquidez, maior patrimônio e líder do setor. Do lado negativo, ela tem o menor DY (Dividend Yield), o que era esperado dado o número de aquisições que a empresa tem feito nos últimos anos. O que não era esperado é esse baixo crescimento da receita, neste ponto a Camil e a São Martinho estão melhores, também no indicador ROE e Preço/Lucro elas estão melhores, sendo a Camil a com P/L mais baixo.

clique pra ampliar
Um ponto interessante foi o indicador de liquidez, onde todas estão acima de 2, parabéns pra elas.

Conclusão

A empresa vinha fazendo tudo certo até 2018, com ótimo crescimento de lucro e patrimônio, gerando muito valor para o acionista, mantendo margens elevadas, mas nos últimos 2 anos a empresa tem sofrido, a receita aumentou pouco, despesas aumentaram mais, baixando margem, ROE e lucros.

O bom disso é que o P/L da empresa que ficava entre 40 e 50 agora está em 18, muito mais confortável pra quem quiser entrar agora, inclusive sendo bom para própria empresa que está com programa de recompra de ações. Essa mudança também pode significar que a empresa está deixando de ser "de crescimento" e vai passar a ser "de Dividendos" futuramente, se voltar a ter lucros e não conseguir expandir, é possível que passe a distribuir mais os lucros para os acionistas. Estou lendo o livro do Peter Lynch e estou com essa mania de classificar as empresas agora.

Vejo essa empresa como a Ambev, líder do seu setor, baixa volatilidade, setor que não deve sofrer muito nessa crise, inclusive acho que vai se beneficiar agora no início da crise, com as quarentenas e o pânico da mídia muita gente saiu fazendo estoque de cereais, leite e biscoitos. Eu que nunca comprava isso acabei comprando, pensando que os caminhoneiros iam parar também e iria faltar alimentos nas prateleiras, graças a Deus isso não aconteceu :)

Referências
Com isso acredito que consegui cobrir os principais pontos sobre a empresa, espero que tenham gostado, bons estudos e bons investimentos a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para contribuir com suas ideias ou dúvidas. Obrigado!

Postagens em alta